Enfermagem + Idosos = Cuidados


 

 A atuação de enfermeiros junto ao idoso deve estar centrada na educação para a saúde, no “cuidar”, tendo como base o conhecimento do processo de senilidade. Estar em atento ao retorno das possíveis atividades do idoso e de sua capacidade funcional. O objetivo primordial dos enfermeiros é atentar às necessidades básicas, à dependência e ao bem-estar do idoso. Tal colocação tem como base a assistência de enfermagem tanto na saúde quanto na doença.

Todos os profissionais envolvidos neste trabalho de ajuda ao idoso devem atuar, também, junto a seus familiares, apoiando-os nas decisões, ajudando-os a aceitar as alterações físicas advindas de doenças próprias da idade.

 

Pois , o idoso pode apresentar vários problemas que levam ao comprometimento da sua reabilitação tais como: Desânimo, depressão, crise de choro, muitas vezes observados durante a consulta de enfermagem. É de extrema importância os enfermeiros, nessas situações, serem sensíveis para detectar tais problemas, interagindo com o idoso, a família e demais membros da equipe.

 

O cuidador é de fundamental importância na concretização de um programa de Assistência Domiciliar, pois representa o elo entre o idoso, a família e a equipe interprofissional. Os membros da família são, na maioria dos casos, os responsáveis pela escolha do cuidador.
É necessário que este tenha responsabilidade para detectar sensações que o idoso não expressa, a saber:Frio, Calor, Fome, Desconforto, Dor, etc.

Além disso, cabe ao cuidador dar atenção, passar tranqüilidade, e proporcionar o melhor para o paciente, com calma e segurança. O cuidador deverá tratá-lo com amor, carinho,respeito, paciência e chamá-lo pelo nome. Isso fortalece a empatia entre idoso e cuidador.
O cuidador é “gente que cuida de gente”, como afirmou a saudosa enfermeira brasileira Wanda Horta, cuja vida pessoal e profissional foi marcada por notável sensibilidade humana.

 

Para a enfermagem, o cuidar é um processo dinâmico e depende da interação, do respeito e de ações planejadas a partir do conhecimento da realidade do idoso e de sua família.
Assim sendo, enquanto cliente da Enfermagem, o processo de cuidar da pessoa idosa também considera os aspectos biopsicossociais e espirituais vivenciados pelo idoso e pela família.
O cuidado da saúde de pessoas idosas envolve metas como: promoção de uma vida saudável no que diz respeito às suas limitações e incapacidades; trabalho com o idoso e sua participação no contexto como um todo.

 

Resumindo, cuidado significa desvelo, zelo, atenção, bom trato.Assim, o ato de cuidar pode ser entendido como uma atitude constante de ocupação, preocupação, responsabilidade e envolvimento com o semelhante.
Somem-se os valores de solidariedade,respeito, afeto e compaixão. Isso só pode ocorrer com uma dinâmica terapêutica do profissional com o idoso e seus familiares.